A Pousada Do Bom Barão

Os Saltimbancos

Compositor: Bardotti / Chico Buarque / Enriquez

Todos:
Vamos tratar uma hospedagem
Pra descansar e seguir e viagem

Gata:
Olha que linda aquela pensão
Se chama "Pousada do bom barão"

Jumento:
Para mim, esse nome, não sei não

Galinha:
Já tou por aqui de tanto barão

Gata:
Mas vamos, mas vamos, não custa tentar
É só pruma noite e depois se mandar

Cachorro:
Ai, ai, ali tem uma placa
Que cheira a uma bruta urucubaca

Todos:
Proibida a entrada
Exijo gravata e dados pessoais
Proibido aos mendigos e aos animais
Ahhhhhhhhhhhhhh !!!

Jumento:
Puxa, puxa, que desacato
Eu, afinal, sou jumento ou rato?

Cachorro:
Poxa, poxa, que desrespeito
Se duvidar, eu entro no peito

Galinha:
Cacilda, cacilda, que bela tramóia
Já tava pensando numa boa bóia

Gata:
Que bode, que bode, mas isso é o fim
Parece que todos estão contra mim

Crianças:
Tentem olhar ali pela janela
Quem sabe não tem ninguém dentro dela
E se for assim vocês podem entrar
Fazer uma boca e depois se arrancar

Jumento:
Puxa, puxa, o que é que estou vendo?
Vivendo e aprendendo, vivendo e aprendendo
Tem quatro pessoas naquele salão
E uma das quatro é o meu patrão

Cachorro:
Poxa, poxa, vejam vocês
É o meu patrão já com os outros três

Gata:
Que grilo, que grilo, não é uma boa
Aquela coroa é a minha patroa

Galinha:
Cacilda, cacilda, coisa de maluco
É o meu patrão que tá com o trabuco

Crianças:
Caramba, caramba, como é que é
Eu acho que é hora de dar no pé
Pra quem não quiser entrar de gaiato
O melhor negócio é dormir no mato

Todos:
Caramba, caramba, como é que é
Eu acho que é hora de dar no pé
Pra quem não quiser entrar de gaiato
O melhor negócio é dormir no mato

Jumento:
Porém, porém, já tou fulo da vida
Ter toda razão e nenhuma comida

Cachorro:
A minha barriga não se acostuma
Ter toda razão e comida nenhuma

Galinha:
Porém, porém, já me sinto aflita
Me sinto assada, acho que tou frita

Gata:
É já, é já, vamos sentar a pua
Botar os safados no meio da rua

Todos:
Quatro juntos braços dados
Damos o fora nesses safados
Braços dados juntos quatro
Chutar os safados pra fora do teatro
Dados juntos quatro braços
E esses safados já tão no bagaço
Quatro braços dados juntos
E esses safados vou virar presunto

©2003- 2018 lyrics.com.br · Aviso Legal · Política de Privacidade · Fale Conosco desenvolvido por Studio Sol Comunicação Digital